sexta-feira, 28 de maio de 2010

Gerencie liderando, lidere empreendendo


Periodicamente, as organizações redistribuem suas posições gerenciais, seja por motivos administrativos ou em função de diretrizes da gestão. Em acréscimo, temos ainda a onda denominada globalização acompanhada do aumento de competitividade, onde as empresas forçosamente exercitam então processos de mudanças internas.

Observando esta movimentação, faz-se necessário identificar as características relevantes que levam o colaborador ao crescimento profissional e hierárquico em uma empresa, orientadas segundo três linhas de pensamento: organização com competência operacional, habilidades interpessoais, e empreendedorismo.

Embora seja possível observar uma coerência no acoplamento entre estas três correntes de pensamento, não necessariamente elas devam ser praticadas concomitantemente ou mesmo se uma delas seria a mais correta. Na verdade, a aplicabilidade de cada uma dependerá do momento em que vive sua empresa e em relação às ações identificadas pela gestão estratégica. A missão, os objetivos, as metas e os valores da organização definirão que tipo de desempenho se espera dos colaboradores com papel de coordenação.

Por fim, não há como fugir deste debate. Identifique o contexto em que sua empresa está inserida, o que ela espera de você, e em qual das três linhas de pensamento você orientará sua carreira. Ou surfa-se esta onda, ou resista e corra o risco de ser levado por um tsunami.


http://www.administradores.com.br/informe-se/administracao-e-negocios/gerencie-liderando-lidere-empreendendo/33543/

Postado por: Deise C. Lewandowski

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Qual será o papel da internet na eleição??


É verdade que sites, blogs e redes sociais terão maior influência neste ano nas eleições.

Neste ano, os candidatos festejaram a conquista de uma nova vitrine para fazer propaganda política: a internet. Todos aposotam na rede para interagir com os eleitores, medir em tempo real a reação da opinião pública, debater com os adversários e, estabelecer a agenda da eleição. Há dois fatores que ampliam a relevância da campanha on-line. O primeiro é o crescimento no número de internautas no país, o segundo fator é a nova legislação eleitoral sebre o assunto. Ela dá aos partidos uma liberdade inédita na rede. Ao contrário dos anos anteriores, quando a internet estava sujeita às mesmas restrições aplicadas à TV e ao rádio, neste ano é possível organizar debates livremente, mesmo sem participação de todos os candidatos, usar redes sociais mesmo antes do período oficial da campanha e fazer da internet um campo de provas para todo o tipo de ideia exótica na batalha eleitoral.


Postado por: Mariana Furini

VOCÊ SABIA???

video


Postado por : Mariana Furini

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Test-drive no céu do Estado













Uma nova tecnologia chaga a Base Área de Santa Maria, onde a mesma foi escolhida para testes de um avião não tripulado. A Base é única do país a ter um esquadrão de reconhecimento e ataque com avião.

O avião sobe ao céu, mas o piloto fica em terra...

O “piloto” comanda tudo de dentro de um contêiner, na Base, onde há um moderno sistema de controle, com joystick e telas de vídeo. A cena é muito parecida a de um videogame com aeromodelos.

O avião israelense Hemes 450 começou a voar em Março após treinamento de pilotos e técnicos. Uma vantagem dos aviões não tripulados é de fornecer informações em tempo real.
Uma câmera e infravermelhos capta imagens que podem ser usadas para varias finalidades, como identificar alvos e verificar o avanço do inimigo, em caso de guerra. Em situações civis, pode encontrar vitimas e desastres naturais.

Até o final do ano, dois modelos serão testados pela FAB, na Base Área de Santa Maria. A fabricação do avião é israelense Elbit Systems, e a porto-alegrense AEL-Aeroeletronica, que integra o grupo Elbit, cederam as aeronaves para teste sem custos.

HERMES 450 (dados)
Comprimento: 6 metros
Envergadura (asas): 10 metros
Velocidade de viagem: 110 Km/h
Peso para decolagem: 450 quilos
Alcance: 250 quilômetros
Autonomia: 15 horas
Armamento: nenhum

Será que num futuro breve aviões deste estarão sobrevoando cidades, florestas para prevenir assaltos, achar desaparecidos????

Esperamos que sim...

Postado por: Michel Mousquer

quinta-feira, 13 de maio de 2010

..As vezes é necessário um tempo a si mesmo...


Recomeçar...



Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário recomeçar¨

Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida e o mais importante...
Acreditar em você de novo...
Sofreu muito neste período: Foi aprendizado...
Chorou muito: Foi limpeza de alma...
Ficou com raiva das pessoas: Foi para perdoá-la um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes: É porque fechaste a porta até para os anjos...
Acreditou em tudo que estava perdido: Era o início de tua melhora...
Onde você quer chegar...Ir alto...Sonhe alto...Queira o melhor do melhor...Se pensamos pequeno, Coisas pequenas teremos...Mas se desejamos fortemente o melhor... E, principalmente, lutarmos pelo melhor...O melhor vai se instalar em nossa vida.

Porque sou do tamanho daquilo que vejo.

E não do tamanho da minha altura.


(Carlos Drummond de Andrade)

Postado por :Marilea Santos

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Conflito de Gerações nas Universidades...

Um em cada quatro estudantes que ingressaram em curso superior em 2008 tinha 30 anos ou mais, segundo censo da educação superior do Ministério da Educação. Em apenas oito anos, o contingente de universitários a partir dos 30 aumentou 206% - o número de ingressantes com até 24 anos também subiu, mas a uma taxa menor, de 89%. O crescimento do número de alunos trintões, quarentões e cinquentões levaram para as faculdades um verdadeiro conflito de gerações e fez com que instituições passassem a oferecer alternativas aos alunos experientes.

Os alunos mais velhos, mesmo que não sejam assim tão velhos, normalmente são mais interessados e dedicados aos estudos, enquanto os jovens que acabaram de sair do ensino médio costumam ser mais dispersos e aproveitam mais as relações sociais durante a faculdade.
Para o agente de turismo Jefferson Cavalcanti, de 42 anos, a convivência no ambiente acadêmico com os colegas mais novos tem sido difícil. "Eles atrapalham muito. É sempre uma confusão na classe: barulho, conversas em voz alta, risadas", reclama. Cursando o último semestre de marketing na Universidade Nove de Julho (Uni nove), Cavalcanti conta que muitas vezes precisa chamar a atenção dos colegas. "Peço silêncio ou falo para deixarem à sala."
Apesar das broncas, Cavalcanti diz conseguir manter uma boa relação com todos , ainda assim, preferiria freqüentar uma faculdade com estudantes mais maduros. "No começo, deu vontade de desistir. Pensei que não valia a pena gastar meu dinheiro dessa forma. Mas avaliei melhor e persisti."
Para a antropóloga Rita de Cássia Oliveira, "O jovem de 18 anos hoje é muito imaturo, em especial os meninos. Eles conversam em sala e se dispersam mais facilmente", afirma.
Segundo Rita, a questão central é diferença na capacidade de escolha e de valorização do curso superior. "Os alunos de 18 têm dificuldade em saber o que querem da vida. Eles mudam muito de curso e têm a idéia de que não vão aprender nada na faculdade, que é o mercado que ensina", diz. Os mais velhos tendem a buscar mais que um diploma. "Quando ele entra um pouco mais maduro, já com experiência profissional, começa a perceber que a faculdade vai dar uma formação ampla, aprofundada."

Mesmo os mais jovens reconhecem a dedicação do grupo experiente. "Eles vêm para estudar e ponto final, pois sabem quanto vale o dinheiro", diz Pamela Tavares, de 21 anos, do sétimo semestre de Comércio Exterior na Universidade Paulista (Unip).
Pamela conta que, quando fez as disciplinas básicas, sua turma contava com quase 50% de alunos mais velhos e as aulas eram disciplinadas. A situação mudou quando os estudantes foram divididos por carreiras, e sua turma passou a ter apenas uma aluna acima dos 30 anos. "Depois que separou, virou uma bagunça."

Prazer e profissão. Clara Matilde Nascimento, de 35, é engenheira de produção. Professora universitária e aluna de Direito na Universidade Brás Cubas (UBC). Decidiu voltar a estudar por prazer. "Direito sempre me chamou atenção, pois envolve toda a sociedade", diz. "Acabei me apaixonando e agora quero tentar unir as duas carreiras."
Para a técnica em informática Creusa Iliani Ferreira, de 52 anos, estudar Letras na Universidade de São Paulo (USP) representa a possibilidade de finalmente ter um curso superior e trabalhar em uma área que mais lhe agrade. "Sempre gostei de Letras. Quero trabalhar com revisão, tradução ou dar aulas."
Creusa não reclama do comportamento dos colegas mais novos, mas reconhece que o contato é restrito. "Não vou sair correndo da aula para ir à cervejada. Os programas são outros."

Fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100502/not_imp545805,0.php

Postado por: Marilea Santos

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Enxames de Rôbos...

Protótipo do robô que utiliza motores de telefones celulares para se movimentar.


Os micromotores podem ser vistos na parte inferior do robô, servindo tanto de apoio como para locomoção. Minúsculos robôs, capazes de operar de forma coordenada, são vistos como a melhor solução para um grande número de atividades, que vão do monitoramento do meio ambiente e a execução de tarefas muito complexas para um robô único, até o resgate de vítimas de desastres naturais.

O desenvolvimento desses enxames de microrrobôs, contudo, vinha esbarrando em um problema sério: a fabricação dos protótipos para testes e desenvolvimento era cara e demorada demais, devendo ser feita de forma praticamente artesanal, devido à falta de uma plataforma que pudesse ser produzida em escala industrial.

Motores de telefones celulares
Agora, um grupo de estudantes da Universidade de Southampton, na Inglaterra, criou uma plataforma para microrrobôs com base nos motores utilizados nos telefones celulares. Nesses aparelhos, minúsculos motores giram um excêntrico para promover uma vibração e chamar a atenção do usuário para uma chamada. Para testar a nova plataforma, os estudantes construíram um enxame de 25 robôs, cada um com autonomia de mais de duas horas, e com capacidade de processamento suficiente para rodar programas complexos de interação. Cada robô custou cerca de US$40,00.

Fabricação em escala industrial
A grande vantagem da utilização dos motores usados nos telefones celulares é que eles foram projetados para serem fixados nas placas de circuitos impressos por meio de processos produtivos automatizados, o elimina a necessidade da montagem manual dos robôs e reduz o seu custo. Uma vez feito o projeto do hardware do robô, esse hardware pode ser encomendado às empresas que constroem circuitos eletrônicos tradicionais.

Comportamento emergente

Os enxames de robôs também são utilizados nas pesquisas de redes neurais e de inteligência artificial, sobretudo do chamado comportamento emergente. Eles permitem o estudo do comportamento em equipe por meio da simulação física, o que inclui fatores reais difíceis de serem programados nos simuladores.
No futuro, os pesquisadores esperam poder utilizar microrrobôs atuando cooperativamente em tarefas como resgate de vítimas de terremotos e outros desastres naturais, monitoramento do meio ambiente, em telescópios espaciais e na exploração de outros planetas.

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=enxames-de-robos-tem-avanco-com-tecnologia-de-telefone-celular&id=

Postado por: Jonatas

TV conectada da LG traz conteúdo do Terra integrado



A LG anunciou em São Paulo, em seu Fórum Digital, o lançamento de uma nova linha de televisores de tela plana com conexão à internet, a Infinia Live Borderless.

Na visão do Portal Terra, "a internet das pessoas segue para a internet das coisas, com a TV conectada sendo um dos melhores exemplos. E, como ofertadores de serviços de conteúdo, temos que oferecer isso da melhor forma", afirmou Castro. "Esse lançamento da LG pode ser elitizado no começo, por ser mais sofisticado. Mas enxergamos que, num segundo momento, a TV conectada vai se tornar alternativa para ser a primeira tela de acesso online de muita gente", explicou o presidente do Terra.

A existência da TV conectada, no ponto de vista do executivo, se baseia em três pilares: equipamentos, conteúdo e conectividade. "E esse mundo novo de aplicativos é viabilizado pela banda larga de alta velocidade", concluiu Mendonça. Zumo Notícias

Fonte:http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI4415362-EI4797,00TV+conectada+da+LG+traz+conteudo+do+Terra+integrado.html

Postado por: Deise C. Lewandowski


terça-feira, 4 de maio de 2010

Nosso Mundo Virtual e Tecnológico...


Você já percebeu que tudo a sua volta é tecnologia?




Que é quase impossível viver sem internet sem celular, sem aparelhos eletrônicos?
Pois é, enquanto algumas pessoas mal sabem o que é internet, outras não sabem viver sem estas novidades tecnológicas. Estamos nos tornando cada vez mais dependentes deste tipo de tecnologia, e basta ficarmos sem sistema para que tudo deixe de funcionar.

É claro que estas tecnologias também nos trazem muitas coisas boas, muitos benefícios, muitas facilidades, vejam o quanto nos facilita este tipo de avanço nos Bancos, nos Hospitais, nas lojas, nos supermercados, nas farmácias. Da mesma maneira essas tecnologias também podem nos atrapalhar, não temos mais privacidade, e nossos dados e documentos particulares podem estar em risco pela habilidade criminosa dos hackers.

Sejam Bem Vindos ao nosso MUNDO VIRTUAL E TECNOLÓGICO.



Postado por: Marilea Santos